quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Sobre saudade


Coisinha, estou com saudade de você. É como se um pedaço meu estivesse em um lugar distante. Estou com saudade de seu cabelo, de seu olhar, de seu sorriso, de sua pele, de seu jeito. Até de você mandando em mim, acredita? Queria te ter por perto. Queria poder te abraçar. Queria desabafar. Queria seus olhos para eu mergulhar bem fundo. Queria vê-los refletindo minha face. Queria uma alma para me escutar. Queria te tocar, falar com gesto o quão importante você é para mim. Essa saudade maltrata. Não sei qual o remédio, se é que tem. Talvez, o único remédio seja você, seja te encontrar. No entanto, enquanto não corro para te apertar, consolo-me com as palavras. Elas ajudam! Dizem o que uma boca tímida não ousa pronunciar. Transferem para o papel os tão escondidos e pusilânimes sentimentos de meu coração.

Postagens relacionadas

8 comentários:

Indicar Livros disse...

Olá Dalvan , achei profundo esse texto, bateu uma saudade da minha vozinha agora, amei. pra não perder nada estou seguindo pelo google + e já curti a fanpage beijos

Taynara Mello | Indicar Livros
www.indicarlivros.com

Dalvan Linhares disse...

Obrigado, Taynara Mello. Adorei seu blog!

Edimara Freire disse...

Amei de verdade esse texto, me lembrei de uma pessoa que fazia tempo que não me recordava mas,vc sabe que sou suspeitar a falar porque admiro você por ser esse maravilhoso escritor, que consegue realmente ir fundo na imaginação.

Dalvan Linhares disse...

Edimara Freire, muito obrigado pelos elogios e por ser uma leitora assídua do Literatudo Textos. Muito obrigado pelas opiniões e pelo apoio.

Blog Tamaravilhosamente disse...

Dalvan, seus textos sempre me impressionam pela sensibilidade que enxergo neles. Parabéns por escrever tão bem. Seus textos são presentes para nós leitores!
Abraços!
Tamara

Blog Tamaravilhosamente

Dalvan Linhares disse...

Muito obrigado, Tamara! Como sempre muito gentil. Agradeço demais pelos elogios. Fico muito feliz quando recebo um "feed back" dos leitores, motiva-me a continuar escrevendo e tentar sempre transmitir verdade e sensibilidade.

Forte abraço!

Dai Castro disse...

Saudade é um sentimento tão complexo, por vezes doloroso, mas também, tão bonito! Adorei o seu texto Dalvan! Beijos!! Colorindo Nuvens

Dalvan Linhares disse...

Muito obrigado, Dai Castro!Saudade é tudo isso mesmo.

Postar um comentário