quarta-feira, 3 de maio de 2017

Como posso agradecer?

Oi! Tudo bem? Hoje vim para agradecer algumas pessoinhas muito especiais. Há dias atrás, descobri que meus textos estavam sendo trabalhados em sala de aula pela minha amiga incrível e leitora assídua do Literatudo Textos, Edimara Freire. Fiquei perplexo e imensamente realizado. Foi tanta felicidade que nem sei o que escrever. Como assim meus escritos adentraram os muros de uma escola? Alguém tem noção disso? É tanto frio na barriga que acabo de recriar o iceberg que colidiu com o Titanic dentro de meu estômago. Sim! Isso mesmo!
Quando escrevo, sinceramente, não imagino até onde minha mensagem pode ir nem a quantos pode tocar; só quero escrever e ser lido, nem que por um ser humano, e nem que esse ser humano seja eu mesmo. Só tenho noção do processo criativo. A partir do momento que publico, por mais que eu saiba, não acredito que meus textos podem ir parar nas mãos de infinitas pessoas. Contudo, essa notícia é a prova de que eles circulam a ponto de irem parar em uma sala de aula. Ainda não acredito, sério! Só me cabe agradecer, agradecer, agradecer...
Se você pensa que parou por aí, não parou! Além de eu descobrir isso, recebi algumas folhas com as respostas dos alunos às perguntas que faço na crônica “Como foi seu dia? Como vai sua vida?”. Respostas lindas que guardo com o maior cuidado! Muito obrigado a cada um que dedicou seu tempo a responder meus questionamentos e se sentiu tocado/ajudado por minha prosa. Só tenho a dizer que estarei sempre aqui para conversar com vocês sobre os mais variados temas e ajudar no que for possível. Continuem no caminho do bem e nunca se distanciem de seus sonhos, pois eles são o melhor combustível para vencer na corrida da vida. Acreditem sempre no potencial de vocês e compartilhem a felicidade com quem os rodeia. É bom viver e é melhor ainda sentir-se vivo. Por isso, pulem, cantem, gritem e leiam... (se não for pedir muito, leiam meus textos).
Muito obrigado pelo carinho e pelas respostas. Além de saber que meus textos fazem a diferença na vida de vocês, é uma motivação para que eu não pare de escrever. MUITO OBRIGADO, de novo! Se você que está lendo é uma das pessoas que me mandou uma resposta, sinta-se abraçada virtualmente. Se você não mandou nada para mim, não perca tempo, o que está esperando? Pode mandar! Eu respondo! Se você não mandou, mas conhece quem mandou, compartilha esse post para que ele chegue até ela. Assim, cheio de felicidade e convicto de que escrever me move, termino esse post de agradecimentos.
Ah, só mais uma coisa: vocês são demais! Meus leitores são os melhores, sem sombra de dúvidas!!!!!
Um abraço fraterno em cada um de vocês e até o próximo texto.

Postagens relacionadas

4 comentários:

Lary Zorzenone disse...

Parabéns por essa conquista, cara. Adentrar o mundo de uma escola por um meio digital ainda é complicado, e você conseguiu. Sonho com o dia que vai acontecer dos professores aceitarem melhor o nosso conteúdo e discutir isso em sala de aula.

Vidas em Preto e Branco

Dalvan Linhares disse...

Lary Zorzenone, muito obrigado pelas palavras. Fiquei imensamente feliz de ter conseguido tal feito vindo do meio digital, mas creio que vai muito da mentalidade/formação de cada professor adequar suas aulas ao contexto contemporâneo. Se Deus quiser, seremos bem valorizados em um futuro próximo. Abraço!

Edimara Freire disse...

Amigo eu é que agradeço pelo o privilegio de poder ler textos tão maravilhosos iguais ao seus, muitos dos alunos que te mandei as respostas não tem acesso a internet, mais já imprimi seu texto com de agradecimento e dei a cada um, foi tanta alegria que não sei como decifrar em palavras, mais quero que saiba que sempre estarei aqui compartilhando seus textos pra que outras pessoas saiba que tenho uma amigo inteligente rsrsrsrs brincadeira, pra que eles vejam os seus textos incríveis, eu sempre costumo dizer que você foi muito abençoado por Deus, porque você tem o dom de tocar as pessoas com palavras, já imaginou o tamanho da responsabilidade.

Dalvan Linhares disse...

Edimara Freire, mais uma vez emocionando-me com seus depoimentos.Sem palavras... Muito obrigado por todo o apoio!!!

Postar um comentário